segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Bullying foi o tema do segundo evento organizado pelo Centro Acadêmico de Letras Vinicius de Moraes

O Bullying sempre esteve presente na nossa sociedade, principalmente no ambiente escolar, mas sua discussão efetiva levou algum tempo para se tornar assuntos de pesquisas, reflexões e debates. Diante disso, inúmeros conflitos atingiram e vêm atingindo a nossa sociedade que necessita urgentemente de uma cultura de paz. Dentro desse contexto, o Centro Acadêmico de Letras Vinicius de Moraes se preocupou em trazer para o espaço acadêmico uma discussão sobre as possíveis soluções para combater o bullying, sensibilizando e conscientizando os atuais e futuros profissionais envolvidos na formação humana.
Neste último final de semana, 15 e 16 de outubro, foi realizado, na Faculdade São Luís de França, o I Congresso Sergipano de Combate ao Bullying. Estiveram presentes pais, professores e estudantes de diversas instituições de ensino superior de Aracaju e Salvador.
O primeiro dia do evento começou com a conferência “Bullying no contexto da instituição educativa: perspectivas de reflexão e ação na cultura da paz” com a conferencista Milena Aragão, graduada em psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina, Mestre em educação pela Universidade de Caxias do Sul e especialista na área da Psicologia Escolar. 
A psicóloga Gleyde Selma Meneses Schapke, professora do curso de Letras e Pedagogia da Faculdade São Luís de França, participou do segundo momento do evento com a palestra “Aspectos psicológicos penais e criminológicos da prática do bullying”.
Logo após, o professor Marcos André de Souza graduado em Letras e Direito, com experiência na rede pública de ensino falou sobre “Bullying: a realidade a ser enfrentada”.
O segundo dia do evento foi marcado com apresentação de trabalhos na modalidade de comunicações orais feitas por estudantes, discutindo o bullying, a homofobia na escola, o comportamento explosivo e o cyberbullying. À tarde, foi exibido o filme “Bullying: provocações sem limites”, em seguida a professora Guadalupe de Moraes conduziu um maravilhoso debate.  Encerrando com tamanha satisfação, o primeiro evento realizado em Sergipe dando ênfase a temática do Bullying, a professora Geórgia Brandão finalizou com a seguinte temática, “O Bullying provocado contra a comunidade surda”.
Agradecemos a todos os participantes, organizadores e especialmente a todos os palestrantes que foram imprescindíveis para o sucesso desse primeiro evento destacando a importância de se combater o bullying. Parabéns ao Centro Acadêmico de Letras Vinicius de Moraes por mais uma contribuição relevante para formação dos futuros e atuais professores.
Os militantes do CALVM ao lado da ilustre conferencista Milena Aragão de Caxias do Sul, Mestre em Educação e especialista em Psicologia Escolar.
A psicóloga e professora da FSLF, Gleyde Selma, também marcou presença, abrilhantando o evento.
As professoras da FSLF, Geórgia Brandão e Guadalupe de Moreas encerraram com chave de ouro a primeira edição do evento, destacando a importância de se combater o bullying

Nenhum comentário:

Postar um comentário